O outro lado do carnaval na Vila Madalena

  Bloqueio nas ruas da Vila Madalena
 
 
A Vila Madalena é tomada por bares onde todos tem seus deveres e tem seus impostos, por ser um ponto caro não é fácil de manter, mas o que assombra a todos bares e restaurantes  é o carnaval,pois dependem de movimento de rua para pagar as contas.
 
A prefeitura regional de Pinheiros representada atualmente pelo sub prefeito Paulo Mathias, por meio de uma Ação Civil Pública é obrigada desde a copa do mundo de 2014 a realizar a ZAE (zona de atenção Especial), tem por objetivo principal limitar o acesso de veículos, blocos de rua, ambulantes e pessoas portando garrafas de vidro, afim de minimizar ou mesmo extinguir a desordem nas ruas, essa estratégia foi muito bem aceita e de acordo com todos os comerciantes locais para evitar baderna e bagunça.
 
O fato é que bares e restaurantes estão sendo prejudicados no fato de após às 17 horas a polícia militar proíbe pessoas de adentrar na ZAE (Zona de Atenção Especial), somente estão permitidos moradores e donos de bares comprovando através de documento e comprovante de endereço. 
Rua deserta por causa dos bloqueios
 
 
A Vila Madalena é um bairro boêmio e faz parte do roteiro turístico da cidade de São Paulo, evitar o acesso de clientes e turistas por adentrar em ruas que são públicas fere gravemente o direito de ir e vir do cidadão. 
 
Há fiscalização para não adentrar ambulantes, carros e pessoas portando garrafas de vidro. Não há motivos para restringir o acesso de pessoas que desejam ter acesso na ZAE da Vila Madalena, essa atitude de impedir com força policial o direito de ir e vir do cidadão, causam indignação, frustração, desespero e fúria por todos os comerciantes e clientes locais.
 
Não havendo ambulantes e blocos de rua na ZAE, não há grande acumulo excessivo de pessoas, não haverá baderna, arrastão e brigas, pois não haverá nada que motive o entretenimento e venda de bebidas de ambulantes para o público de rua, tudo estará no controle da polícia militar e GCM. 
 
No Ano de 2017, cerca de 25 bares foram fechados e decretaram falência, após esse período de carnaval e infelizmente muitos terão o mesmo destino em 2018, pois seus clientes fiéis ficam parados no bloqueio.
 
O ministério público disponibilizou 950 efetivos da polícia militar e 250 GCM no bairro de Pinheiros.
 
O ZAE é um quadrilátero formado de ruas bloqueadas onde há o controle de acesso pela polícia militar formado em torno das ruas:
 
 
- Rua Wizard
- Rua Girassol
- Rua Inácio Pereira da Rocha
- Rua Simão Álvares
 
Dentro do quadrilátero:
 
- Rua Aspicuelta
- Rua Fidalga
- Rua Fradique Coutinho
- Rua Mourato Coelho
  Com tudo isso os comerciantes da Vila Madalena pedem ao ministério público que permitam  as pessoas que frequetam a região de irem e virem ,senão será o fim de muitos comércios e empregos da região.
 Ruas vazias e fim de comércio.
 
 
 

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!